Em 1907, logo após assumir a Presidência da República, Afonso Pena começa a cogitar da representação do Brasil na Segunda Conferência da Paz, que teria lugar em Haia. O primeiro encontro, realizado oito anos antes, não contara com a presença do país, ausente em protesto pela exclusão de outras repúblicas sul-americanas.Agora, tratava-se de encontrar um jurista de peso para a importante missão. Ministro das Relações Exteriores, o Barão do Rio Branco sugeria o nome de Joaquim Nabuco, mas a imprensa - capitaneada pelo Correio da Manhã e refletindo a preferência do povo - aclamava Rui Barbosa para participar do conclave.
Rui Barbosa
27/2/1907 - Rui Barbosa recebe do Barão do Rio Branco convite oficial para representar o Brasil em Haia
01/5 - Decreto presidencial nomeia Rui Barbosa embaixador extraordinário e plenipotenciário, e delegado do Brasil na Conferência da Paz
22/5 - Rui Barbosa, acompanhado de sua família e comitiva, embarca no navio "Araguaia" rumo à Europa
24/5 - O "Araguaia" chega a Salvador, Bahia. Depois de banquete oferecido pelo presidente do estado, José Marcelino, Rui prossegue viagem
05/6 - Escala em Lisboa, com almoço na Legação do Brasil. À tarde o navio parte para Cherbourg, na França
Cardápio do banquete oferecido a Rui Barbosa em Salvador
Convocada pela Rainha da Holanda e pelo Czar da Rússia com o objetivo de discutir o desarmamento ante a perspectiva de uma guerra de proporções mundiais, que viria a se tornar realidade em 1914, a Conferência da Paz reuniu diplomatas das potências ocidentais. O Brasil chamava pouca atenção, pois dele se esperava uma postura de submissão às decisões da grande nação norte-americana. E sua presença passaria até mesmo despercebida não fossem as brilhantes intervenções de Rui Barbosa na maior assembléia diplomática internacional até então realizada.
Rui Barbosa a bordo do navio que o levou à Europa
Passagem de Rui Barbosa por Lisboa

08/6 -
Rui e comitiva desembarcam em Cherbourg e dali seguem de trem, chegando à capital francesa no mesmo dia
12/6 - O jornal Le Brésil oferece recepção de honra a Rui. Presente, entre outros, Joaquim Nabuco, embaixador em Washington
13/6 - Rui Barbosa chega a Haia
15/6 - Abertura solene da Conferência da Paz
Bosque de Sheveningen, nos arredores de Haia, onde se hospedou a delegação brasileira
Homepage
Luta pela cidadania A construção da República O vôo da águia A questão social .
 
Histórico Links Créditos Índice Bibliografia