Batizado com o diminutivo de Rodrigo, Rui nasceu em Salvador no dia 5 de novembro de 1849. Era filho do médico, intelectual e político João José Barbosa de Oliveira e de Maria Adélia Barbosa de Oliveira.



Ponto de efervescência cultural e boemia, os arredores da Faculdade de Direito do Largo São Francisco, com suas livrarias, bares e cafés, congregavam jovens do Brasil inteiro. Assim como Rui, buscavam um diploma de bacharel e, ao mesmo tempo, iniciavam-se na vida política.
 

Tido como anticlerical por traduzir e assinar longa introdução ao livro O Papa e o concílio, em que atacou a infalibilidade do Papa decretada pelo Vaticano, Rui Barbosa, em verdade, defendia a liberdade de expressão e de culto pela qual sempre lutou.


13 de maio de 1888: a Câmara aprova o decreto que extingue a escravidão no Brasil, último país ocidental a manter o trabalho servil.

"Se tenho combatido a Monarquia, a culpa não é
minha e, sim, dela, de sua aversão a reformas
necessárias, o que a coloca numa situação que
periga."

        Variedades:    Descrição física de Rui    A Memória de Rui    Rui e o jornalismo
Homepage
Luta pela cidadania A construção da República O vôo da águia A questão social .
 
Adolescente aplaudido Nascimento de Rui A semente revolucionária Primeiras lutas A queda do Império Os passos até a Lei Áurea Na corte Histórico Links Créditos Índice Bibliografia