provável que a primeira personalidade de grande relevo entre os ascendentes de Pedro Álvares Cabral tenha sido D. Gil, deão e depois bispo da Guarda e médico de D. Pedro (cujo casamento com D. Inês de Castro efetuou). Além da filha Maria Gil Cabral, a quem D. Gil legou, por testamento, o usofruto de todos os bens que possuía antes de ser bispo, é muito provável que fosse pai de Álvaro Gil Cabral, que em 1383 era alcaide da Guarda e, no ano seguinte, primeiro senhor de Azurara.

Do casamento de Álvaro Gil com Anes de Loureiro nasceram um filho homem, Luís Álvares Cabral, e duas mulheres, Catarina e Maria, esta última mãe do Frei Gonçalo Velho, capitão dos Açores.
Luís Álvares Cabral foi o segundo senhor de Azurara, morgado e primeiro alcaide de Belmonte. Fez parte da casa do Infante D. Henrique, com quem participou da conquista de Ceuta. Casou duas vezes, a primeira com Constança Anes e a segunda com Leonor Domingues. Foram três os seus filhos: Fernando Álvares Cabral (terceiro senhor de Azurara e segundo alcaide e morgado de Belmonte), Isabel Álvares Cabral (freira, mas ainda assim mãe de um Fernão Cabral) e Beatriz Álvares Cabral.

Fernando Álvares casou-se com D. Teresa de Andrade e também teve três filhos: o primeiro morreria com dois anos de idade, o segundo seria o famoso Fernão Cabral e a terceira chamou Aldonça Cabral.
Fernão Cabral lutou bravamente quando Ceuta foi cercada pelos mouros. Casou com D. Isabel de Gouveia, rica herdeira de João de Gouveia. Foi o quarto senhor de Azurara e fidalgo da casa do Infante D. Henrique. Foi nomeado por D. Afonso V para regedor da justiça real na comarca da Beira e Riba Coa, exercendo grande poder. Pertenceu ao Conselho Real e foi nomeado primeiro alcaide-mor de Belmonte, tendo sido concedido a ele e a seus legítimos sucessores todas as rendas, foros e direitos que a Coroa possuía naquela vila, exceto a sisa.

Além de um filho bastardo (Diogo Fernandes Cabral), teve mais onze: seis mulheres (Isabel, Leonor, Teresa, Aldonça, Violante e Beatriz) e cinco homens: João Fernandes Cabral - que herdaria a alcaidaria-mor de Belmonte e o senhorio de Azurara - , Pedro Álvares Cabral, Álvaro Gil Cabral, Vasco Fernandes Cabral e Luís Álvares Cabral.



Árvore genealógica de Pedro Álvares Cabral