PROGRAMA 10 PONTOS DE COMBATE À FOME


1 –

2 –


3 –





4 –


5 –


6 –


7 –


8 –


9 –



10 –


Combate ao latifúndio.

Combate à monocultura em largas extensões sem as correspondentes zonas de abastecimento dos grupos humanos nela empregados.

Aproveitamento racional de todas as terras cultiváveis circunvizinhas dos grandes centros urbanos para agricultura de sustentação, principalmente de substâncias perecíveis como frutas, legumes e verduras que não resistem a longos transportes, sem os recursos técnicos da refrigeração.

Intensificação do cultivo de alimentos sob forma de policultura nas pequenas propriedades.

Mecanização intensiva da lavoura, da qual dependem os destinos produtivos de toda nossa economia agrícola.

Financiamento bancário adequado e suficiente da agricultura assim como garantia da produção pela fixação de bom preço mínimo.

Progressiva diminuição até a absoluta isenção de impostos da terra destinada inteiramente ao cultivo de produtos de sustentação.

Amparo e fomento ao cooperativismo, que poderá servir de alavanca impulsionadora à nossa incipiente agricultura de produtos alimentares.

Intensificação dos estudos técnicos de Bromatologia e Nutrologia no sentido de que se obtenha um conhecimento mais amplo do valor real dos recursos alimentares.

Planejamento de uma campanha de âmbito nacional para a formação de bons hábitos alimentares, o qual envolva não só o conhecimento dos princípios históricos de higiene como o amor à terra, os rudimentos de economia agrícola e doméstica, os fundamentos da luta técnica contra a erosão.


Imprimir este texto